terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Rancho

 
Já não fazia este prato há imenso tempo. A isto se chama comida de conforto. Receitas do tempo das nossas avós,  nem sempre são do agrado dos mais novos, mas que aqui em casa são bem apreciadas. As minhas filhas gostam muito deste tipo de refeições. O meu modo de preparação, é bem simples e foi conforme aprendi com a minha avó paterna, que foi a minha grande mestre na arte de cozinhar. As quantidades que coloco na receita dão uma dose generosa de rancho, que poderá congelar depois de frio e utilizar noutras ocasiões.
Aqui fica um pouco da história desta receita:

"Reza a história que durante a guerra entre liberais e absolutistas, o quartel de Viseu foi escolhido para defender a linha do Buçaco.  O comandante do quartel sabendo da responsabilidade que tinha pela frente, ordenou, que a cozinha fosse fornecida com tudo que houvesse ao dispor, para que os soldados fossem bem alimentados. Assim, foi entregue ao cozinheiro carne de vaca, de porco, de galinha, vários enchidos, grão-de-bico, batatas e macarrão  e, com toda a riqueza calórica desta comida, lá partiram as tropas satisfeitas e com a moral em grande, levando para o caminho o rancho que havia sobrado."

Aqui fica a minha receita:

Ingredientes:


400g de carne de vaca
250g entremeada em vinha de alhos
150g de bacon fumado
1 chouriço caseiro
500g grão de bico cozido
400g de macarronete riscado
2 cebolas
2 batatas em cubinhos
1 cenoura grande em cubinhos
1 cubo de caldo de carne
salsa q.b.
sal, azeite q.b.


Preparação:

Coza as carnes e o chouriço até que estejam tenras. Reserva a àgua da cozedura. Faça um refogado apuradinho, com as cebolas e o azeite. Corte as carnes em pedaços e coloque-as a refogar. Tempere de sal, o caldo de carne, a salsa e deixe ferver. Junte a cenoura e a batata em cubos e deixe cozinhar 10 minutos. Acrescente a àgua de cozer as carne e quando ferver junte a massa e depois o grão. Corte o chouriço em rodelas e o bacon em tiras e junte. Rectifique os temperos e deixe cozinhar até a massa estar cozida, mas sem passar do ponto.



























E Bom Apetite!

12 comentários:

  1. Eu amo rancho. Sou de Mirandela - Tras os Montes e lá fazemos muito rancho.
    É uma delicia! É sem dúvida um prato reconfortante e fortalecedor de espirito.
    Nós em Mirandela não colocamos cebola.

    O seu ficou divinal. Vou levar um pratinho. ;)

    Beijinhos doces;

    Aurea Sá

    ResponderEliminar
  2. É um prato perfeito para estes duas chuvosos, e o teu está com um aspecto bem tentador!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Simplesmente um dos meus pratos favoritos! Apesar da ausência de couve, que na minha terra é indispemsável, está com um aspecto fabuloso! Já comia :)~
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Adoro rancho, esse ta com um aspecto delicioso!
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Olá,
    Adorei este blog, tem receitas fantásticas e uma apresentação espectacular.
    Já te sigo, não resisti!!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Nunca fiz rancho, mas é sem dúvida um clássico da boa mesa portuguesa!
    o teu deve ter ficado muito bom!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Que aspecto tão caseirinho e delicioso!!
    Beijinhos grandes,
    Lia.

    ResponderEliminar
  8. Cá em casa gostamos muito. Vai ser o nosso almoço de hoje!

    Bjs.

    ResponderEliminar
  9. Olá!

    Comida confortável é boa demais. Adoro rancho e feijoadas

    Beijocas

    Filomena

    ResponderEliminar
  10. É um prato tradicional que eu adoro!
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. A sua receita deu-me vontade de ir a correr para o talho e comprar os ingredientes que me faltavam!

    Hoje o nosso jantar vai ser RANCHO!! :)

    ResponderEliminar

Muito obrigada pela visita,

Voltem sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Imprimir