Bolo Jesuíta

Aqui está a receita completa, com os ovos moles incluídos, para poderem experimentar esta maravilha de bolo.
O essencial neste bolo é a qualidade da massa folhada. Uso massa folhada de confeitaria, da loja onde compro habitualmente os produtos para bolos e doçaria. 
É muito melhor que as massas refrigeradas que encontramos nos supermercados. Eu uso a rectangular pois para este bolo tiro mais proveito do tamanho. As sobras podem usar para fazer os Jesuitas pequenos ou amassar/esticar e usar noutra receita.
Aqui está a receita:

Ingredientes:

1kg de massa folhada de confeitaria/padaria
1 chávena almoçadeira de ovos moles 
250g de amêndoa torrada e picada 
q.b. de canela em pó 
200g de açúcar em pó
1 clara de ovo
gotas de sumo de limão

Ovos Moles:

6 ovos grandes
200g de açúcar
2dl de água
Preparação:

Ovos Moles:

Separe as gemas das claras. Reserve uma para a cobertura do bolo.
Leve ao lume um tachinho com a água e o açúcar. Deixe ferver durante uns 5 minutos. Retire do lume e deixe arrefecer um pouco.
Desfaça muito bem as gemas com umas varas e lentamente junte-lhe a calda de açúcar em fio. Coloque a mistura no tacho e leve a lume médio, mexendo sempre até engrossar, levará cerca de 5/7 minutos. Para esta receita não os deixo engrossar muito, pois é mais fácil para espalhar.







Bolo:

Estenda a massa folhada sobre uma bancada enfarinhada e estique-a. A massa deve ficar fininha.
Com a ajuda de um molde ou de um prato, corte 5 círculos de massa. Reserve 2. 
Barre dois círculos com o doce de ovos, espalhe por cima a amêndoa torrada e a canela. Sobreponha os dois e por cima coloque outro circulo de massa sem doce. Leve a forno aquecido nos 190º durante 25 minutos.
Entretanto para a cobertura misture o açúcar com a clara e umas gotinhas de sumo de limão. 
Barre mais um circulo com doce de ovos, espalhe e amêndoa e a canela. Cubra com o ultimo circulo de massa.
Cubra-o com a cobertura e leve ao forno por 25 minutos.
Para terminar barre o topo dos 3 círculos cozidos com doce de ovos e sobreponha o folhado com a cobertura.



E Bom Apetite!

Arroz de Tamboril e Camarão


Quem se perde de amores por um belo arroz malandrinho?
Aqui em casa somos apreciadores, mesmo. 
É tão bom um arroz bem caldoso. Este é de tamboril. mas podem perfeitamente fazê-lo com outro peixe da vossa preferência. Pescada, cação ou robalo são igualmente boas opções.
Podem achar a receita complicada e com muitos ingredientes, mas a meu ver, são preciosos e fazem a diferença. O caldo de peixe então recomendo mesmo que o façam. 
É só colocar tudo na panela e deixar ferver, depois se sobrar podem guardar em frascos no congelador para outras  ocasiões.

Aqui fica a receita:

Ingredientes:

350g de arroz carolino
1 tamboril fresco
400g de camarão
1/2 pimento verde
1/2 pimento vermelho
172 pimento amarelo
1 tomate maduro
1 cebola
1 talo de alho francês
1 cenoura pequena
2 dentes de alho
1 malagueta seca (caseira)
azeite e sal q.b.
1 dl de vinho branco
coentros frescos


Caldo de peixe:

1 cabeça de peixe fresco e a espinha
(tamboril/pescada ou outro)
talos de aípo e alho francês
pontas e cascas de cenoura 
1 folha de louro
pontas de pimentos
1 cebola
2 dentes de alho esmagados
pernadas de salsa
sal
1 malagueta


Preparação:

Para o caldo:

Lave os legumes e coloque-os num panela junto com a cabeça e as espinhas do peixe. Junte os temperos e deixe ferver lentamente cerca de 2horas (se possivel).
Este passo faz toda a diferença no sabor final do arroz.

Arroz:

Coza os camarões em água salgada onde juntou 1 malagueta. Deixe ferver 5 minutos e retire o camarão para uma taça com gelo. Reserve a água da cozedura. 
Descasque os camarões mantendo a cabeça. Leve ao lume uma frigideira com um fio de azeite e 1 alho inteiro esmagado. Saltei-e os camarões até que fiquem rosadinhos.
Reserve.
Pique a cebola e os alhos e leve a refogar. Pique muito finamente o alho francês, os pimentos e a cenoura. Quando a cebola amolecer um pouco junte-lhe o alho francês e deixe refogar. Junte a cenoura, e metade dos pimentos. Mexa e refresque com o vinho branco. 
Entretanto vá juntando 1 concha de caldo de peixe, de cada vez,  deixando ferver lentamente.
Pique o tomate e junte-o ao refogado. Junte o caldo dos camarões e mais caldo de peixe, o suficiente para cozinhar o arroz. 
Corte o tamboril em cubos e junte-os ao refogado. Deixe ferver e de seguida junte o arroz.
Tempere de sal, se necessário (o caldo estava temperado). Junte o arroz e deixe ferver. 
Quando estiver quase pronto junte o resto dos pimentos picados e os camarões.
Rectifique os temperos e sirva de imediato polvilhado com coentros frescos.
E Bom Apetite!

Tábua de Coisas Boas e Doces Perfeitos para Queijo

Sem ideias para o almoço, brunch ou jantar do Dia dos Namorados?
Que tal uma tábua de Queijos e outras coisinhas deliciosas?
Aqui está uma ideia genial, rápida e deliciosa!
Não precisa de passar horas na cozinha, os ingredientes são bem diversificados e podemos sempre adaptá-la ao gosto pessoal de cada um.
Uma passagem rápida no supermercado resolve tudo.
Comece com o ingrediente que vai fazer a diferença: Os Doces Perfeitos para queijo da Quinta de Jugais
Queijo e doces são uma combinação infalível, verdade?
Estes doces maravilhosos, de textura única e irresistível, foram pensados e desenvolvidos para destacar todo o sabor do queijo.
Nesta tábua usei 3 variedades de doces, das 4 disponíveis. Cada uma delas foi pensada para um tipo de queijo.
Por fim, escolha um bom vinho tinto e desfrute!
Surpreenda a sua cara metade, presenteando-a com uma experiência deliciosa e inesquecível!



Ingredientes para a Tábua:

Doce de Abóbora e Castanha - Ideal para Queijo da Serra
Doce de Figo, Laranja e Anís - Ideal para Queijo da Beira Baixa
Doce de Frutos Silvestres e Baunilha - Ideal para Queijo de Cabra
3 ou 4 queijos a seu gosto
presunto fatiado fino
2 variedades de enchidos em fatias
Bagos de uvas 
Groselhas /frutos vermelhos a gosto
Azeitonas temperadas
Tomate cherie cortado e temperado
frutos secos variados
gressinis, tostas ou bolachas de água e sal
2 pães diferentes cortados fininhos
Tomilho fresco para decorar



Preparação:

Escolha onde vai montar a "tábua". Use uma tábua grande de madeira, uma travessa bonita ou um prato grande. Escolha algumas tacinhas diferentes para colocar o tomate, as azeitonas e os frutos secos.
Comece por dispor os queijos cortados e separados por tipo. Coloque ao lado Doces Perfeitos para queijo da Quinta de Jugais, os enchidos e o presunto esfarripado. Ao lado coloque os pães fatiados bem fininhos e vá intercalando com as tostas. Espalhe os gressinis lateralmente, mesmo em cima da mesa/toalha.
Corte os bagos de uvas e espalhe-os de modo a criar "harmonia". Continue com as groselhas e os frutos secos. Lateralmente coloque as taças com as azeitonas, o tomate cherie e os frutos secos.
Termine com as hastes de tomilho e desfrute!


E Bom Apetite!

Bolo de Maçã e Especiarias


Mais um bolinho de maçã. Porque bolos de maçã nunca são demais.
Simples e tão bom! Uma boa maneira de gastar as maçãs murchas da fruteira. Fica um bolo bem grande, fofo e muito aromático.
Bolos de maçã e canela já são um clássico. Então se juntarmos o gengibre freso e umas boas raspas de noz moscada (usem sempre a noz raspada na hora) vão ver que ainda fica melhor.
Fica doce q.b., muito aromático, super macio e ao mesmo tempo húmido. Os pedacinhos de maçã no meio da massa do bolo, são um pecado a cada dentada.
Façam-no e contem-me tudo, sim?

Aqui está a receita:

Ingredientes:

4 maçãs
5 ovos
250g de açúcar amarelo
225g de manteiga
250g de farinha
1 c. chá de fermento em pó
1c. chá de noz moscada
1c. de chá de canela em pó
1 pedacinho de gengibre ralado
1 pitada de sal fino
1 c. de sopa de açúcar mascavado
açúcar em pó para polvilhar




Preparação:

Descasque e corte as maçãs em cubinhos. No copo da batedeira coloque os ovos, a manteiga amolecida e o açúcar. Bata em velocidade média durante 5 minutos. Adicione o sal, a canela, a noz moscada e o gengibre ralado. Envolva bem. Aos poucos junte a farinha peneirada com o fermento. Por fim envolva os cubos da maçã. 
Unte com manteiga e polvilhe com farinha uma forma de bolo a seu gosto. Coloque dentro a massa e por cima espalhe o açúcar mascavado. Leve a forno quente a 180º durante 35/minutos.
Faça o teste do palito para confirmar a cozedura, depende sempre do seu forno.
Retire o bolo do forno e deixe-o arrefecer sobre uma rede uns 10 minutos antes de o desenformar.
Depois de frio polvilhe-o com açúcar em pó.


E Bom Apetite!

Feijoada de Cogumelos


Feijoadas quem gosta?
Esta é a chamada comida de conforto, que nos aquece corpo e alma.
Uma feijoada que bem sei não será do agrado de todos, mas devo dizer-vos que estava uma delicia. Ingredientes simples e que todos temos em casa,
Para a deixar com um super sabor, usei cogumelos secos que não só dão uma linda côr ao caldo como acentuam o sabor na feijoada. Conseguem arranjar estes cogumelos secos em frasco na Makro. Confesso que não sei se os há nos outros supermercados. Uma pequena quantidade faz mesmo a diferença. Experimentem fazer um caldo com umas 50g destes cogumelos e usem depois num risotto. Não há comparação possível. O sabor é incrivel!



Aqui está a receita:

Ingredientes:


350g de cogumelos variados (usei marron, bronco pleurotus
50g de cogumelos secos
400g de feijão branco cozido
enchidos a gosto( usei bacon, chouriço e linguiça
1 cebola
2 dentes de alho
azeite q.b.
1 malagueta
1 cenoura picada
pimentos de cores picados
1 folha de louro
3 pernadas de salsa
sal e pimenta de moinho
1 colher de chá de maizena
arroz basmati para acompanhar



Preparação:

Ferva 1L de água e coloque dentro os cogumelos secos. Deixe ferver lentamente. Faça um refogado com o azeite, a cebola e os alhos picados. Pique os enchidos e lamine os cogumelos marron e brancos. Os pleurotus corte-os em tiras.
Junte ao refogado os cogumelos, os enchidos e deixe saltear uns 5 minutos.
Junte um pouco caldo dos cogumelos secos, a cenoura picada, os pimentos em cubos, a salsa, a malagueta e o louro e deixe apurar. Adicione o feijão e o resto do caldo com os cogumelos hidratados. Tempere de sal e pimenta e deixe ferver lentamente uns 15 minutos. Se necessário junte um pouco mais de água.
Dissolva a maizena num pouquinho de água e junte à feijoada , para ligar o caldo e engrossar um pouco. Rectifique os temperos e reduza o lume. Deixe ferver uns 5 minutos e sirva. Acompanhe com arroz basmati soltinho.

E Bom Apetite

Francesinhas com Molho Especial

Quem por aí adora uma bela Francesinha? 
Sim eu sei, só de olhar já dá vontade de comer! Esta é a francesinha conforme a faço aqui em casa. Grande parte do sucesso da francesinha deve-se ao seu molho delicioso. Aí é que está o verdadeiro segredo. Na parte da sanduíche não se muda muito. O interior é quase sempre com a linguiça, o fiambre, chouriços ou paio e o imprescindível bife de vaca grelhado. Por cima costumo colocar sempre com um ovo e depois rego com o molho, embora se diga que a receita original não leva ovo.
Para rematar junta-se uma boa dose de batatas fritas para molhar no molho.
Sim, é um prato faustoso, que não se pode nem deve, comer todas as semanas mas que sabe bem, é bem verdade!
Aqui vos deixo a receita do meu molho especial. Se quiserem menos picante reduzam à malagueta ou não a triturem.
Aqui fica a receita:
Para 4

Ingredientes:

Francesinha:

8 Fatias de pão de forma
4 linguiças
4 fatias de fiambre
8 rodelas de paio york
4 ovos

Molho:

1 cebola pequena
1 dente de alho
2 tomates bem maduros
1 folha de louro
2 malaguetas secas
sal e azeite q.b.
1 c. chá de açúcar
1 caldo de carne
1 c. chá de oregãos secos
1/2 cálice de brandy
1 cerveja
1/2 copo de vinho branco
2 c. de sopa de maisena



Preparação:

Comece por preparar o molho. Pique a cebola e o alho, regue com um pouco de azeite e leve a refogar. Junte o louro, e quando a cebola estiver a começar a dourar, junte o tomate triturado e deixe ferver. Regue com a cerveja, o vinho branco e o brandy. 
Adicione os oregãos, o caldo de carne e as malaguetas em pedaços. Deixe ferver lentamente durante uns 40 minutos. Passe o molho com a varinha mágica,  Junte a maisena dissolvida num pouquinho de água, rectifique os temperos e junte o açúcar. 
Deixe ferver muito lentamente mais uns 20 minutos, para engrossar o molho e está pronto.
Para as francesinhas, comece por cortar as linguiças ao meio e leve-as a grelhar. Tempere de sal e pimenta  e grelhe os bifes,  reserve-os ao calor.
Torre as fatias de pão. Para montar as francesinhas coloque no prato uma fatia de pão, por cima uma fatia de fiambre, uma fatia de queijo, duas fatias de paio york, a linguiça grelhada e por cima o bife. Termine com uma fatia de pão e cubra com fatias de queijo a toda a volta. Leve ao forno quente até o queijo derreter. Frite os ovos e coloque um sobre cada francesinha. Regue com o molho bem quente e acompanhe com batatas fritas e uma cervejinha gelada. 
E Bom Apetite!

Imprimir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...