quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Cheesecake de Queijo de Cabra com Doce de Abóbora e Coco


Uma invenção feita a pensar num jantar especial. 
A ideia de misturar queijo de cabra num cheesecake, já me tinha passado pela cabeça, mas ainda assim, ainda não o tinha feito. Nos últimos dias e depois de uma conversa entre colegas de trabalho, ficou combinado em fazer um e levar para ser a sobremesa do jantar. Foi aprovadíssimo!
O sabor a queijo não se torna demasiado presente. A raspa e o sumo de limão ajudaram a quebrar um pouco a sua intensidade. A cobertura, com um doce de abóbora e coco que fiz para oferecer no Natal, foi a cereja no topo do bolo. Queijo de cabra e doce de abóbora são sempre uma boa combinação.








Aqui está a receita:

Ingredientes:

Base:

300g de bolacha maria
150g de manteiga


Recheio:

300g de queijo de cabra de rolo
1dl de leite
3 c. de sopa de açúcar
1 lata de leite condensado
2 pacotes de natas
8 folhas de gelatina


Cobertura:

Doce de abóbora e coco q.b.


























Preparação:

Base:

Pique as bolachas na picadora, junte a manteiga derretida e amasse bem até obter uma massa homogénea. Forre o fundo de uma forma de mola com papel vegetal e coloque no fundo a massa de bolacha, calcando bem. Reserve no frigorífico.




Recheio:

Coloque a gelatina de molho durante cinco minutos. Escorra-a e leve-a a derreter no microondas. Bata as natas até estarem bem consistentes. Junte o leite condensado e bata mais um pouco. No copo da liquidificadora, coloque o queijo descascado e em pedaços, o leite e o açúcar e bata durante cinco minutos. Misture a mistura no creme de natas e por fim adicione a gelatina.
Deite a mistura sobre a base de bolacha e leve ao frigorífico, se possível de um dia para o outro.
Na hora de servir, cubra com o doce de abóbora.

E Bom Apetite!

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Perna de Peru com Laranja e Porto


Comida de conforto e de inverno, que teve honras de ser fotografada no jardim, como se fosse primavera!
Uma receita muito simples. Uma perna de peru, temperada de véspera e que deixei a assar durante 3h30m. Estava mesmo de comer à colher. Suculenta e muito saborosa. O truque é o tempero reforçado atempadamente e o tempo de forno a baixa temperatura. O toque do sumo da laranja, das ervas aromáticas  e do vinho do porto ajudaram a deixá-la mesmo muito saborosa. 
Muitas vezes me questiono sobre se vale a pena, publicar ou não, certas receitas. Por serem tão simples. Com ingredientes tão do dia a dia. Depois, os vossos comentários dizem tudo. E é por isso que aqui está mais uma assim, porque aquilo que vocês me dizem é exactamente isso. Que são receitas fáceis e simples que todos podem fazer, com ingredientes que todos temos em casa. 
Obrigada de coração. São vocês o motivo para querer continuar por aqui. A tentar fazer sempre mais e melhor!


Aqui está receita:

Ingredientes:

1 perna de peru
6 dentes de alho
sal e pimenta de moinho
3 laranjas
1 dl de vinho branco
2 dl de vinho do porto
salva e tomilho frescos
1 dl de azeite
1 folha de louro

Preparação:

De véspera, limpe e lave a perna de peru. Com uma faca, faça incisões na carne e coloque dentro laminas de 2 dentes de alho. Faça uma pasta com os restantes, junte sal grosso, pimenta moída, as ervas frescas picadas, o sumo e as laranjas em gomos e o azeite. Barre e esfregue bem a carne, regue-a com os vinhos, junte o louro partido e deixe a marinar no frigorífico. Se possível, a meio tempo vire-a na marinada.
Coloque a carne no tabuleiro do forno, coe e regue com a marinada. Por cima coloque mais um pouco de azeite. Tape com papel de alumínio e leve ao forno, a 140º durante duas horas. Vire a carne, e vá regando com o próprio molho. Aumente a temperatura para 170º e deixe continuar a assar. Entretanto prepare os acompanhamentos. Eu fiz batatinhas assadas bem crocantes e espinafres frescos salteados. Na ultima hora, retire o papel e deixe a carne ganhar uma boa cor. Desligue o forno, abra um pouco a porta e deixe dentro a carne a repousar pelo menos 15/20 minutos. Fatie a perna de peru e sirva. 
Depois diga-me o que achou!




E Bom Apetite!

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Soufflé de Bacalhau

Das mil e uma maneiras de preparar bacalhau, aqui está uma simples e deliciosa.
Comida de conforto que aquece o corpo e a alma. Os últimos dias tem sido de muito frio e de alguma chuva. Tempo que convida ao aconchego da nossa casa, a ligar o forno e fazer comidas assim, reconfortantes. A passar a tarde no sofá, enrolados nas mantas a admirar o crepitar quente e delicioso da lareira. 
Uma almoço domingueiro e preguiçoso, feito de improviso mas com final muito feliz. Estava muito bom. 










Aqui está a receita:

Ingredientes:

2 lombos de bacalhau
6 ovos
2 folhas de louro
2 dentes de alho 
1/2 l leite
1/2 l de água
2 c. sopa de manteiga
2 c. sopa de farinha
sal e pimenta de moinho q.b.
noz moscada q,b,
tomilho fresco
queijo mozarella ralado



        

Preparação:

Leve ao lume um tacho com o leite, a água, o louro e os dentes de alho esborrachados. Junte os lombos de bacalhau e quando ferver conte 5 minutos, apague e deixe ficar mais uns minutos. 
Retire o bacalhau, reserve a água da cozedura e limpe-o de peles e espinhas.
Leve ao lume a manteiga e deixe derreter, junte a farinha e deixe cozer um pouco. Regue com a água do bacalhau e deixe ferver, lentamente, mexendo sempre com as varas de arame de modo a não deixar ganhar grumos. Junte o bacalhau bem desfiado e tempere de sal (pouco), noz moscada ralada e pimenta a gosto. Adicione as gemas, uma a uma e deixe engrossar o molho. Por fim junte um pouco de tomilho fresco picado.
Bata as claras em castelo bem firme e vá envolvendo levemente e, sem bater, na mistura de bacalhau.
Unte uma forma de soufflé e alguns ramequins pequenos com manteiga e polvilhe com farinha. Coloque dentro a mistura, polvilhe com o queijo ralado e leve ao forno quente, a 190º durante 20/25 minutos. O soufflé deverá crescer bastante e manter-se assim ao sair do forno. O meu baixou um pouquinho durante a sessão de fotos, mas ainda assim manteve a sua textura leve e fofa.



E Bom Apetite!

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Bolo Inglês


Bolo Inglês. Se calhar,"o bolo" de que mais gosto. Ao contrário das minhas filhas, que não gostam nada. Adoro bolos de frutas, bem húmidos e saborosos. 
Com uns restos de frutas cristalizadas que sobraram do Natal, guardados numa caixa, a vontade de fazer esta receita apareceu.
Uma fatia e uma chávena de chá ou de café, são sempre uma boa ideia. 
Esta receita dá para dois bolos iguais a este. O outro foi oferecido à minha sobrinha S. para levar para o serviço e partilhar com os colegas. Será que gostaram?






Aqui está a receita:

Ingredientes:

6 ovos
300g de açúcar
300g de farinha
225g de manteiga
1 c. chá de fermento
1 cálice de vinho do porto
250g de fruta cristalizada em pedacinhos
amêndoas, nozes e corintos q.b.
3 c. de sopa de doce de gila
manteiga para untar
farinha para polvilhar
açúcar em pó



Preparação:


Junte as frutas cristalizadas com os frutos secos e cubra-os com metade da farinha necessária para a receita. Envolva muito bem e reserve.
Coloque o açúcar e a manteiga amolecida na batedeira e deixe bater durante 5 minutos. Vá juntando os ovos 1 de cada vez, batendo bem, entre cada adição.
Adicione o vinho do porto, a gila e a farinha peneirada com o fermento. Por fim junte as frutas com a restante farinha. 
Unte uma forma de bolo inglês e forre-a com papel vegetal. Volte a untar e coloque dentro o preparado. Leve a forno aquecido a 180º durante cerca de 40 minutos. Faça o teste do palito, pois depende sempre do forno, o tempo de cozedura.











segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Franguinhos Assados com Batatas e Pimentos

Eu bem tento, mas não tem sido fácil. Este inicio de ano está muito difícil. 
Quando pensamos que vai melhorar, aparece outra contrariedade. Mas há que ter pensamento positivo e rumar contra a maré. Melhores dias virão com certeza!
Entretanto, e aos poucos as receitas vão aparecendo. 
Aqui está uma, muito simples e descomplicada. 
Uns simples franguinhos assados com batatas. O tempero, esse, fez toda a diferença.

Aqui está a receita:

Ingredientes:

Frangos:

2 franguinhos pequenos
2 laranjas
1 cálice vinho do porto
sal e pimenta de moinho
3 dentes de alho
alecrim fresco q.b.
azeite q.b.

Batatas:

1kg de batatas
sal e azeite q.b
pimenta de moinho q.b.
1 ramo de tomate cherie
tiras de pimento verde e vermelho
mistura de alho e salsa da Espiga




Preparação:

De véspera, retire o excesso de gordura e lave bem os frangos. Prepare uma marinada com os alhos picados, o sumo das laranjas, o vinho do porto, alecrim fresco, azeite, sal e pimenta. Misture muito bem e envolva os frangos na marinada, Junte as laranjas em pedaços e deixe ficar.
No dia seguinte regue os frangos com parte da marinada, regue com um fio de azeite e leve-os a a de assar, em forno médio, durante cerca de 1 hora. Vire a meio da assadura e vá regando com o molho.
Descasque as batatas e corte-as em gomos grossos. Coloque-as numa sertã, tempere de sal e pimenta , mistura de alho e salsa e regue com um fio de azeite. Deixe-as saltear lentamente até começarem a ficar douradinhas. Transfira-a para um  pirex, junte os tomatinhos e os pimentos em tiras. Regue com o azeite da sertã, rectifique os temperos  e leve ao forno até terminarem de assar.
Acompanhe os franguinhos com as batatas, rodelas de laranja e uma salada verde.










E Bom Apetite!

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Queijadas de Tangerina e Ricota


Com deliciosas tangerinas fizeram-se estas queijadas. Nesta época do ano, em que os citrinos abundam, devemos aproveitá-los ao máximo e tirar proveito de tudo o que de bom nos dão. 
Seja num delicioso sumo ou nuns simples gomos comidos ao pequeno almoço ou à sobremesa.
A tangerina é rica em vitamina C, e entre outros benefícios é excelente para tratar as constipações e gripes. Faz bem ao coração, ajuda a reduzir o risco de diabetes e o risco de doenças cancerígenas devido à alta concentração de carotenóides, que lhe conferem a bonita cor alaranjada.
É um alimento pouco calórico, ideal para quem se preocupa com a linha, pois cada tangerina só tem cerca de 40 calorias.
Estas queijadas vieram do velho caderninho de receitas da minha cunhada. 
São tão simples e tão boas!






Aqui está  receita:

Ingredientes:

4 ovos
200g de açúcar
300g de queijo ricota
2dl de leite
2dl de leite de coco
raspa e sumo de 3 tangerinas
1+1/2 c. sopa de maisena
manteiga para untar
açúcar para polvilhar




Preparação:

Coloque todos os ingredientes no copo liquidificador e bata até obter um preparado bem homogéneo.
Unte um tabuleiro de muffins ou forminhas individuais com manteiga e polvilhe-as abundantemente com açúcar. Coloque dentro o preparado e leve ao forno quente, em banho maria, durante 25 minutos, ou até que estejam douradinhas.
Desenforme quando estiverem mornas e depois de frias polvilhe-as com açúcar em pó.



E Bom Apetite!

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Polvo com Batata Doce e Legumes Assados



Aos poucos, a gripe vai dando tréguas e as melhoras começam a aparecer! 
A vontade de ir para a cozinha está aí novamente, e consequentemente, as receitas novas vão começar a sair aqui no blog.
Esta, é uma que saiu no passado fim de semana. Polvo no forno. Desta vez na companhia de uns deliciosos legumes assados. As minhas filhas não acharam muita piada à receita... demasiados legumes a acompanhar o polvo.
Deixo a sugestão e recomendo fazerem a receita. Um acompanhamento diferente das vulgares batatas a murro e grelos.



Aqui está a receita:

Ingredientes:

1 polvo (cerca de 1,600g)
4 batatas doces médias
1 cacho de tomate cherie
1/2 pimento verde
1/2 pimento vermelho
300g de abóbora
1 cebola roxa
2 dentes de alho
sal e azeite q.b.
pimenta de moinho
1 cebola
3 folhas de louro
1 ramo de salsa
tomilho fresco



Preparação:

Numa panela coloque o polvo, depois de limpo e lavado. Junte 1 cebola inteira, as folhas do louro, o ramo de salsa e alguns grãos de pimenta. Coloque só um pouquinho de água e deixe cozinhar até estar tenro.
Lave muito bem e esfregue a pele à batata doce. Corte a abóbora e a batata doce em pedaços e os pimentos em tiras. Divida o ramo de tomate em raminhos pequenos. Corte a cebola roxa em gomos largos. Coloque a abóbora e a batata doce num recipiente de forno e tempere de sal, azeite e leve a assar. A meio da assadura junte os pimentos e a cebola em gomos. Envolva e deixe assar durante 10 minutos. Adicione o polvo e os tomatinhos. Rectifique de sal, azeite e polvilhe com um pouco de pimenta de moinho. Desfaça o tomilho fresco por cima e leve a assar mais 10/15 minutos.
Emprate a seu gosto e regue com o azeite da assadura bem quente.







E Bom Apetite!

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Madalenas de Laranja


O Ano não começou da melhor maneira. 
A gripe, que já andava cá por casa desde o dia de Natal, voltou em força e deixou-nos de novo de cama. A Maria João, que foi a primeira a ter os sintomas, piorou e ontem foi dia de passarmos as duas a tarde no médico. A recomendação, além da medicação habitual para a gripe, foi cama e coisinhas quentes. Hoje, piorou a Carolina e a febre voltou. Estamos mal...
Entretanto a minha cozinha tem estado parada. A vontade de cozinhar não chega e de lá só tem saído sopas e canjas de galinha. 
A excepção foram estas madalenas, feitas no fim de dia de Domingo, com a intenção de servirem de lanche na escola para a Maria João. Afinal ficaram no tabuleiro, à espera que a vontade de as comer apareça.
Utilizei a primeira vez a forma de madalenas que A Metalurgica, gentilmente me ofereceu. 
Obrigada mais uma vez. As vossas formas são simplesmente fabulosas.









Forma de Madalenas de A Metalúrgica





























Aqui está a receita:

Ingredientes:

4 ovos
150g de açúcar
125g de manteiga
150g de farinha
1 c. chá de fermento
raspa de 1 laranja
1 c. café de sal fino





















Preparação:

Bata os ovos com o açúcar e o sal durante 5 minutos. De seguida adicione a manteiga e continue a bater. Aos poucos, vá juntando a farinha peneirada com o fermento e por fim a raspa de laranja. Unte a forma de madalenas com manteiga ou com spray e coloque dentro a massa. Leve a forno quente a 180º durante 10 minutos. Mas já sabe, depende sempre, do forno que tem. Faça o teste do palito. 
Desenforme-as e acompanhe com um chá quentinho|































E Bom Apetite!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Imprimir