quarta-feira, 16 de maio de 2018

Tarte de Morangos com Queijo Creme e Mel de Chocolate







Os dias e as semanas correm e passam a uma velocidade assustadora.
As receitas tem sido poucas pois o tempo livre tem sido uma miragem.
Fui contactada  pela Beesweet no sentido de elaborar algumas receitas onde a utilização do mel estivesse presente.
A receita escolhida para iniciar esta parceria é esta tarte deliciosa e sem culpas. Apenas foi adoçada pelo mel da Gota de Design nº 66. O Beelove - chocolate.
Esta tarte ficou incrível! Fresca, leve e muito saborosa.




Consegue imaginar preparar um prato com este mel de sabor agradavelmente inusitado?

Gota de Design – Mel Beesweet está disponível  em 4 sabores à sua escolha: N. 66 Beelove - Chocolate, N. 25 Christmas - Canela ou N. 10 Seasalt – salgado.
A Beesweet é uma marca de mel 100% portuguesa, de excelente qualidade e com Certificação Green Will & B CORP!
O objetivo da Beesweet é desmistificar a utilização do Mel aromatizado Beesweet, na gastronomia e potenciar a sua utilização em diferentes pratos, sejam salgados ou doces, sempre numa versão simples e saudável.
A empresa tem uma Missão social muito forte, marcando presença em escolas e infantários onde explica e promove a importância da abelha no Mundo com a Turma da Colmeia.
Os  consumidores que adquirem produtos Beesweet estão a apoiar a causa e a ajudar a proteção da ABELHA.

Pode obter mais informações em www.beesweet.pt 



Aqui está a receita:

Ingredientes:


250g de morangos frescos
1 massa folhada
2dl de natas
125g de queijo creme
3 c. de sopa de mel da gota nº66 Beelove
sumo de 1/2 limão
2 folhas de gelatina
raspas de chocolate preto q.b.
açúcar em pó para polvilhar












Preparação:

Unte com spray uma forma de fundo amovivel e forre-a com a massa folhada. Pique a massa com um garfo e cubra-a com uma folha de papel vegetal. Por cima espalhe esferas de cerâmica ou feijões e leve ao forno quente a 190º durante 11/15 minutos.
Retire a forma do forno e deixe arrefecer.  Demolhe as folhas de gelatina, durante 5 minutos. Escorra-as da água e leve-as a dissolver no microondas com o sumo do limão, durante 30 segundos.
Bata as natas até se apresentarem consistentes, junte o queijo creme e bata mais um pouco. De seguida junte a gelatina derretida e o mel da gota nº66 Beelove. Envolva e por fim junte as raspas do chocolate.
Depois de fria, coloque a base de massa no prato de servir, espalhe o creme, e por cima os morangos em fatias. PIncele os morangos com um pouco de mel Beelove. e termine com mais raspas de chocolate e folhinhas de hortelã.






E Bom Apetite!

terça-feira, 1 de maio de 2018

Tarteletes de Requeijão e Compota de Cebola Roxa com Ovo de Codorniz

Hoje trago-vos uma sugestão muito simples de fazer e que vai impressionar a família e os amigos, quando se sentarem à mesa! 
Umas tarteletes deliciosas com compota de cebola roxa, requeijão e ovo de codorniz. Um petisco maravilhoso para alegrar a mesa e a boca de quem as provar.
O contraste da cebola roxa com o requeijão é maravilhoso, deixando estas pequenas tartes um verdadeiro pitéu.
Uma tarte diferente, desta vez preparada em doses individuais.






Aqui está receita:

Ingredientes:
para 6 tarteletes

1 rolo de massa quebrada
1 requeijão alho e ervas Saloio
2 ovos
4 c. de sopa de natas
6 c. de sopa de compota de cebola roxa e vinho do porto q.b.receita aqui:
6 ovos de codorniz
sal e pimenta q.b.
spray de culinária
cebolinho fresco picado



Preparação:

Pré-aquecer o forno a 170º. 
Com o rolo de cozinha estique um pouco a massa quebrada. Com um corta massas grande corte rodelas de massa e coloque-as nas formas de tartelete, devidamente untadas com spray.
Pressione para que a massa adira bem às laterais da forma.
Bata os ovos com as natas e o requeijão até ao creme se apresentar homogéneo. Adicione a compota de cebola roxa e tempere de sal e pimenta.
Distribua o preparado pelas formas e leve ao forno durante 10 minutos. Retire as forminhas do forno e parta um ovo de codorniz sobre cada uma. Leve de novo ao forno durante mais 5/7 minutos para que terminem de cozer.
Acompanhe com uma salada e sirva mornas polvilhadas com cebolinho picado.



Bom Apetite!

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Tarte de Sardinhas em Tomate

São apreciadores de tartes salgadas? Ou preferem dar~lhes o nome de quiches?
Este tipo de tartes são muito versáteis. Tornam-se uma refeição simples e mais leve na companhia de uma salada ou são o petisco perfeito à hora do lanche.
Quem não gosta de uma tarte destas na cesta do piquenique? Sabem sempre bem não é verdade?
Q receita de hoje é um pouco diferente das básicas quiches que fazemos para "limpar" o frigorifico.
O ingrediente principal e talvez menos usual foram duas latas de sardinhas em tomate Vasco da Gama.
E ficou tão boa! Haverá algo mais tipicamente português do que as nossas conservas?
Nem toda a gente tem noção da variedade de conservas que podemos usar preparar deliciosas receitas e deixar a família com água na boca!



Aqui fica a receita:

Ingredientes:


1 massa quebrada de compra
2 latas de sardinhas em tomate Vasco da Gama
4 ovos
cubinhos de pimento verde e vermelho
8 tomates cherie
1/e courgete
tomate cherie q.b.
2 dl de natas
1/2 dl de leite
azeite q.b
salsa picada
sal e pimenta de moinho























Preparação:

Unte uma tarteira e coloque nela a massa, e acondicione de modo a fixar bem. Leve uma sertã ao lume com um fio de azeite, junte os pimentos e a courgete em cubos.
Salteie durante 5 minutos, tempere de sal e pimenta e coloque no fundo da tarteira.
Bata os ovos com a salsa picada e as natas, tempere de sal e pimenta e deite sobre o recheio da tarteira. Corte os tomatinhos ao meio e coloque-os por cima do recheio alternando com as sardinhas escorridas.  
Leve ao forno pré aquecido a 180º durante 25/30 minutos.
Sirva morna com uma salada.



E Bom Apetite!

terça-feira, 17 de abril de 2018

Tarte rápida de Requeijão e Maracujá

Feita em três tempos, esta tarte foi a nossa sobremesa para festejar os 87 anos da minha Mãe.
Uma data linda como esta merecia uma sobremesa a preceito.
Ingredientes simples mas especiais. O requeijão e polpa de maracujá fizeram uma combinação perfeita nesta tarte. Parecia uma nuvem, leve e doce a derreter-se na boca.
Já disse aqui várias vezes que adoro requeijão, por isso não é de admirar este estar presente em inúmeras receitas do blog.
Saloio já nos habituou aos seus produtos de qualidade superior. Nesta tarte usei o requeijão Natural.
Uma maravilha como sempre! 







Aqui está a receita:

Ingredientes:

1 requeijão Natural Saloio
3 ovos caseiros + 3 gemas
7 c. de sopa de polpa de maracujá com sementes
1 lata de leite condensado ligth
raspa e sumo de 1/2 limão
1 massa quebrada
açúcar em pó q.b.








Preparação:

Forre uma forma de tartes com a massa quebrada. Pique o fundo com um garfo e reserve.
Seque o requeijão com papel de cozinha e coloque-o no copo da batedeira. Junte os ovos e as gemas, o leite condensado. a polpa de maracujá e a raspa e o sumo de limão. Bata cerca de 7/8 minutos, até obter uma mistura homogénea que comece quase a fazer espuma.
Leve a forno quecido a 170º durante25/30 minutos. Se estiver a queimar reduza a temperatura um pouco.
Retire do forno, deixe arrefecer e desenforme. Polvilhe com açúcar em pó e sirva.






E Bom Apetite!

terça-feira, 10 de abril de 2018

Risotto de Cogumelos e Espargos Frescos

Cogumelos e espargos num risotto maravilhoso!
Até as minhas filhas que não eram grandes apreciadoras, se renderam a esta refeição.
A grande diferença neste risotto, que elevou o seu paladar e o diferenciou foi o caldo que fiz com os cogumelos desidratados. Nem vos digo, só provando mesmo. Estava divinal!
A pedido de algumas famílias, terei que repetir esta receita muito em breve. As minhas sobrinhas estão a cobrar um risotto destes só para elas!
Está prometido meninas, em breve teremos um risotto para um jantar cá em casa!

Ralador Microplane - Lékué à venda na loja Ideias & Mimos






Aqui fica a receita:



Ingredientes:
(serve 4)

300g de arroz arbóreo
1 cebola
2 dentes de alho
8 espargos verdes frescos
10 cogumelos brancos frescos
100g de mistura se cogumelos desidratos
folhas verdes de alho francês
azeite, sal e pimenta q.b.
1 dl de vinho branco
2 c. sopa de manteiga
queijo parmesão ralado na hora



Preparação:

Comece por preparar os espargos. Pressione e dobre as pontas dos espargos, que esta partirá pelo sitio certo. Rejeite esse pedaço (guarde-os para o caldo) e com um descascador de batatas, retire a parte mais fibrosa do caule, mas sem chegar à ponta.
Leve uma panela ao lume com água, os pedaços de espargos fibrosos e o alho francês. Tempere de sal, a pimenta, e deixe ferver 15 minutos. Coe o caldo e coloque dentro os cogumelos secos. Deixe hidratar os cogumelos em fogo muito lento. Entretanto, coloque os espargos a cozer no caldo durante 5/7 minutos. Retire e coloque-os em água fria para ficarem verdinhos e parar a cozedura
Pique a cebola e os alhos, e leve-os a refogar no azeite, até começarem a ficar moles. Adicione os cogumelos brancos laminados e deixe saltear 5 minutos. Junte o arroz e deixe fritar um pouco, até o arroz ficar translucido. Refresque com o vinho branco e deixe evaporar. Aos poucos vá juntando conchas de caldo,  e mexendo sempre o arroz. Quando se tiver evaporado o caldo, junte mais e assim sucessivamente.   Quando o arroz estiver praticamente cozido junte os espargos em pedaços e reserve as pontas para envolver no final, junte a manteiga, e mexa.
Junte as pontas de espargos e deixe repousar 2/3 minutos. Adicione o parmesão ralado a gosto e está pronto a servir.
Sirva com umpouco mais de parmesão.





E Bom Apetite!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Imprimir