segunda-feira, 19 de junho de 2017

Baklava

Pano da Loja Algolinho

As nozes que vieram cá para casa, oferta de uma querida vizinha, pela época do Natal, pediam à muito para serem usadas. 
Esta receita estava nos meus rabiscos das receitas a fazer também à imenso tempo.
Então, eis que chegou a vez de sair da cozinha uma baklava, devidamente fotografada, para publicar aqui no blog. 
Confesso que muitas vezes disse " tenho de partir estas nozes" mas fui sempre adiando. Entretanto numa tarde de Domingo, o Manuel decidiu-se a parti-las com a ajuda da minha Sogra. 
Assim ficou mais fácil a execução da receita, que sinceramente, não tem nada de difícil.
Adoro este doce e na companhia do gelado de limão tornou-se uma sobremesa maravilhosa.

Pano da Loja Algolinho

Aqui está a receita:

Ingredientes:

400g de folhas massa filo
350g de nozes picadas
1 c. de sopa de canela e pó
225g de manteiga derretida
175g de açúcar amarelo
2dl de água
2 c. de sopa de mel
raspa de um limão grande


Pano da Loja Algolinho














Preparação:

Comece pela preparação do xarope. Junte a água, o mel, o açúcar e as raspas do limão. Deixe ferver lentamente até obter uma calda consistente. Reserve, mantendo quente.
Unte uma forma rectangular com manteiga. Misture a canela com as nozes e envolva bem. No fundo tabuleiro coloque duas folhas de massa filo. Se necessário apare-as de modo a ficarem com o tamanho do tabuleiro. Mantenha as folhas cobertas com um pano molhado para evitar que sequem.
Unte bem as folhas com a manteiga derretida e por cima espalhe uma camada de nozes e canela. Proceda de igual modo até esgotar a mistura de nozes. Termine com 5 folhas de massa filo, devidamente untadas.
Com uma faca bem afiada corte a baklava, no sentido do comprimento em três tiras e depois na diagonal ( eu cortei em 7 tiras à largura).
Leve a forno quente a 180º durante cerca de 45 minutos, até que fique bem douradinha.
Retire a baklava do forno e regue-a com a calda. Deixe arrefecer e sirva com uma bola de gelado de limão para contrastar com o doce da baklava.





E Bom Apetite!

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Bolo de Requeijão, Maçã e Canela



Quem gosta de bolo de maçã que ponha o dedo no ar!
Adoro este tipo de bolos com fruta. São a lembrança bem viva dos bolos caseiros e que nos levam de volta à infância. Um bolo perfeito para a cesta do piquenique!
Esta receita, foi repetida duas vezes em pouco mais de uma semana. A 1ª experiência resultou num bolo tão fofo e aromático que tive que o voltar a fazer. 
A ideia de juntar um belo Requeijão de Ovelha da Saloio na massa deste bolo de maçã resultou muito bem.
O bolo é maravilhoso. Intenso, aromático e delicioso!



Aqui está a receita:

Ingredientes:

1 Requeijão de Ovelha
6 ovos
200g de açúcar amarelo
90g de manteiga
200g de farinha
3 maçãs pequenas
1 c. chá de canela em pó
1 c. chá de fermento
manteiga para untar
cerca de 100g de açúcar branco para polvilhar a forma














Preparação:

No copo da batedeira coloque o requeijão em pedaços, o açúcar amarelo e os ovos.
Bata na velocidade máxima durante 5 minutos.
Derreta a manteiga e adicione-a à massa. Junte a farinha, a canela e o fermento peneirados e envolva bem.
Descaroce as maçãs, mantendo a casca e com a ajuda de uma mandolina corte-as em rodelas finas.
Unte muito bem com manteiga uma forma sem buraco. Polvilhe as paredes e o fundo com uma camada generosa de açúcar e preencha o fundo e os lados com as rodelas de maçã. Cubra com a massa e leve ao forno, aquecido a 180º, durante 30/35 minutos.









E Bom Apetite!

domingo, 28 de maio de 2017

Espetadinhas de Lombo do Cachaço Fumado

O tempo quente dos últimos dias, deu lugar à chuva e a temperaturas mais frescas.
Os dias ainda não estão como eu gosto. Não é preciso muito calor, basta haver sol e está tudo bem.
Decididamente sou uma pessoa do Verão. De sol e de praia. De piqueniques, sardinhadas e churrascos.
É tão bom chegar a casa ainda com sol  e poder jantar no jardim. Tratar da horta. Colher as alfaces para a salada e os morangos para a sobremesa. 
E já só me apetecem saladas frescas e coloridas.
A receita de hoje, nem é bem uma receita mas mais uma sugestão. Umas simples espetadinhas tão fáceis e rápidas de fazer. Se os ingredientes que usarmos forem de boa qualidade, isso sim vai fazer uma grande diferença.Não coloquei quantidades nos ngredientes porque isso depende sempre de quantas espetadas quiserem fazer.
Usei fatias finas de Lombo do Cachaço Fumado da Sabores do Vez, tomate cherie, mini mozarellas e folhas de manjericão fresco.
As minhas ervas aromáticas da Aromáticas vivas estão viçosas e em pleno crescimento. O vaso do manjericão que está na janela da cozinha está lindo e convida a preparar novas receitas.
Estas espetadinhas estavam deliciosas. Só ingredientes bons dão nisto!
Obrigada Sabores do Vez, pelas delicias que enviou cá para casa!



Aqui está a receita:

Ingredientes:

Fatias finas de Lombo do Cachaço Fumado q.b.
Tomate cherie q.b.
Mozarella mini
Folhas de manjericão fresco
Molho pesto
Espetos de madeira




Preparação:

Escorra as mozarellas e seque-as ligeiramente com papel de cozinha. Corte o Lombo do Cachaço Fumado  em fatias finas. Lave as folhas de manjericão e os tomatinhos. Coloque alternadamente nos espetos, as fatias de lombo do cachaço, os tomatinhos, a mozarella e as folhas de manjericão.
Coloque os espetos na travessa onde vai servir e por cima espalhe o molho pesto.
Sirva de imediato na companhia de um bom vinho.




E Bom Apetite!

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Folhado de Batata e Gruyere com Tomilho Limão

Panos da Loja Algolinho
Hoje, dia 17 de Maio celebra-se o dia Mundial da Hipertensão.
Mais que nunca é necessário mudar hábitos. Trocar o sal por ervas aromáticas, ganhando em saúde e em sabor. 
Todos sabemos que o consumo de sal em excesso está directamente relacionado com a hipertensão.
Assim, aceitei o desafio da Aromáticas vivas, que em conjunto com a Sociedade Portuguesa da Hipertensão e do Chef Chakal lançaram uma campanha de sensibilização para a redução do sal, e hoje aqui estou com uma receita cheia de sabor e com teor reduzido de sal. 
Aqui em casa somos grandes consumidores de ervas aromáticas. temos dois canteiros de paletes com as Aromáticas vivas  plantadas. assim na hora de cozinhar é só escolher o que preciso para temperar as minhas receitas.
As ervas da Aromáticas vivas, são biológicas, logo com mais benefícios para a saúde e o ambiente.
A receita de hoje, um gratinado de batata um pouco diferente daquele que faço habitualmente.
Usei as batatas raladas, como se fosse para fazer batata rosti, adicionei queijo gruyere, muito tomilho fresco picado e ovo ao molho. Para terminar, uma tampa de massa folhada.
Uma acompanhamento um pouco diferente, que tanto vai bem com um peixe grelhado, uma carne assada ou um simples bife grelhado.







Pano da Loja Algolinho

Aqui está a receita:

Ingredientes:


1 kg de batata branca
3dl de leite
2,5 dl de natas
2 ovos
200g de queijo gruyere
tomilho fresco q.b .Aromáticas vivas
1 dente de alho
flor de sal e pimenta de moinho
noz moscada q.b.
1/2 massa folhada rectangular
1 gema para pincelar



Pano da Loja Algolinho

Preparação:

Lave, descasque as batatas e seque-as com papel de cozinha, No robot de cozinha, ou com a mandolina rale-as em juliana. Rale metade do queijo e envolva nas batatas,
Junte o leite com as natas e leve ao lume até ferver. Retire e deixe arrefecer. Bata os ovos, tempere com um pouco de sal, ou fique-se pela noz moscada e pimenta. Adicione os ovos à mistura de leite e natas e bata bem. Junte às batatas, envolva e misture o tomilho limão picado.
Parta o dente de alho ao meio e friccione-o nas paredes e fundo do pirex. Unte-o com manteiga e espalhe dentro a mistura. Por cima espalhe o restante queijo ralado e leve ao forno quente, a 170º durante 30 minutos. Arredonde a metade da massa folhada e ao meio faça um pequeno furo. Coloque-a sobre o gratinado de batata, pincele com a gema e leve de novo ao forno, até cozer a massa e dourar. ( a minha cozeu um pouco demais...).


E Bom Apetite!

domingo, 14 de maio de 2017

Tarte de Requeijão com Laranja e Amêndoas



Nem sempre uma boa receita precisa de muito tempo e de grandes preparações.
As receitas mais simples, e rápidas, são muitas vezes uma surpresa tão boa que se tornam especiais.
Adoro requeijão. Em bolos, tartes, ou simplesmente ao natural com um fio de mel. 
Saloio convidou-me a experimentar a nova gama de requeijões. São 5 requeijões tradicionais embrulhados em papel. Com as novidades, Requeijão de Cabra e de Ovelha.
Na receita de hoje usei o requeijão de cabra. Ficou perfeito com a laranja e as amêndoas. Uma massa cremosa, leve e cheia de sabor.

Servidos de uma fatia?




Pano da Loja Algolinho

Aqui está a receita:

Ingredientes:


1 requeijão Saloio
5 ovos caseiros
150g de açúcar
2 c. sopa de manteiga derretida
rspa e sumo de 2 laranjas
150g de amêndoa palitada
1 massa quebrada
açúcar em pó q.b.




  Pano da Loja Algolinho



Preparação:

Forre uma forma de tartes com a massa quebrada. Pique o fundo com um garfo e reserve.
Seque o requeijão com papel de cozinha e desfaça-o com um garfo. Bata os ovos com o açúcar, até obter uma mistura homogénea. Junte o requeijão Saloio e bata durante 5 minutos, até estar bem desfeito. Adicione a manteiga e a raspa e o sumo das laranjas. Misture metade das amêndoas na massa e envolva. Coloque a mistura na tarteira e por cima espalhe o resto da amêndoas.
Leve a forno quecido a 180º durante25/30 minutos. Se estiver a queimar (como a minha...) reduza a temperatura para os 170º.
Retire do forno, deixe arrefecer e desenforme. Polvilhe com açúcar em pó e sirva.



  Pano da Loja Algolinho
E Bom Apetite!

terça-feira, 9 de maio de 2017

Coroa de Atum e Pesto

Comida simples e deliciosa. Petiscos que nos enchem o olho e nos confortam o estômago.
Que mais se pode pedir para terminar um dia de trabalho?
Uma feliz experiência com a máquina de fazer pão emprestada, vinda directamente de casa da minha sobrinha Daniela. Mas não veio só a máquina, veio também a receita de uma massa deliciosa, tipo aquela massa dos lanches que todos nós gostamos. Ligeiramente adocicada, foi o contraste perfeito para a pasta de atum e molho pesto.









Aqui está a receita:

Ingredientes:

Massa:

500g de farinha sem fermento
80g de açúcar
1 pitada de sal
1 embalagem de fermento padeiro seco
175ml de água
55g de manteiga
1 ovo


Recheio:

1 cebola
4 c. de sopa de molho pesto
folhas de manjericão
azeite e pimenta de moinho q.b.









Preparação:

Mássa na mquina de fazer pão:

Na cuba da máquina coloque a água, a manteiga derretida e o ovo batido.
Por cima espalhe a farinha e o sal, o açúcar e p fermento de padeiro. Programe para amassar, programa 8 (1h30).


Massa manual:

Numa tigela coloque a farinha, o fermento, o sal e o açúcar.  Faça uma cova e junte a manteiga derretida, mas fria. Aos poucos adicione a água morna e amasse até formar uma bola. Tape com um pano e deixe levedar até triplicar de volume. Demora cerca de 1h30..







Recheio:

Pique a cebola e leve-a a refogar com o azeite até ficar mole.
Junte o atum Real do Mar escorrido, o manjericão picado e mexa bem. Por fim envolva o molho pesto e um pouco de pimenta de moinho. Reserve.



Finalização:

Depois da massa estar amassada e levedada, coloque-a na bancada enfarinhada. Com
o rolo da massa estique-a de modo a obter um rectângulo.
Espalhe o recheio sobre a massa e enrole como se fosse uma torta. Corte o rolo em dois, mantendo uma das pontas unida. Entrance as tiras da massa uma na outra e termine encaixando as pontas na parte unida. Coloque a coroa sobre um tabuleiro forrado com papel vegetal. (Com esta receita fiz duas coroas, uma maior e outra mais pequena)
Leve a forno quente, 180º durante 25/30 minutos. Retire do forno e pincele com um pouco de molho pesto. Sirva morna.



E Bom Apetite!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Imprimir