Frango no Tacho com Arroz de Forno


Comida de conforto.

Comida que nos faz sorrir e nos anima as papilas gustativas.

Comida simples, boa e cheia de sabor. 

Esta é uma refeição económica, que serve na perfeição para o almoço de 4 e ainda ficamos com "redon" para o dia seguinte.

E é muito fácil de fazer.  Só precisamos de algum tempo, muito amor e dedicação, para que os sabores se acentuem e a carne fique saborosa, tenra e tostadinha.

Fiz este delicioso frango do campo no meu Tacho Bordeaux da Tescoma. Confesso que acabou por ser um desafio porque o frango era um bocadinho maior do que eu queria, mas ficou bem aconchegadinho no tacho. 

A próxima compra será um tacho maior!

Tescoma tem vários tamanhos de tachos na gama Bordeaux

São tachos modernos para o fogão e forno, com revestimento antiaderente de elevada qualidade, pegas de silicone removíveis para uso seguro, fundo de indução em aço inoxidável e superfície resistente numa cor atraente. 

Tampa especialmente modelada para garantir que a água evaporada retorna uniformemente aos alimentos. A pega na tampa é em aço inoxidável de alta qualidade. Adequado para todos os tipos de fogões e fornos. Podem ir à máquina de lavar louça e tem 3 anos de garantia.

Seguramente, tachos que nos acompanham pela vida fora.

Aqui em Braga, temos a coleção completa dos tachos da gama Bordeaux na loja  Ideias & Mimos.





Aqui está a receita:

Ingredientes:

1 frango caseiro pequeno
azeite q.b.
sal e pimenta de moinho
2 cebolas 
4 dentes de alho
2 folhas de louro
flocos de malagueta 
mistura de especiarias para carne
oregãos secos
salsa fresca
3 dl de vinho branco
150g de bacon
1/2 chouriço de carne
q.b. de pimentos de cores em cubinhos
500g de arroz vaporizado
1c. chá de açafrão



Preparação:

Lave muito bem o frango mantendo-o inteiro. Seque-o com papel de cozinha e ate-lhe as pernas com fio. 
Tempere o frango por dentro com sal, 2 dentes de alho e mistura de especiarias,
No fundo do Tacho Bordeaux da Tescoma coloque um bom fio de azeite, 1 cebola cortada em gomos, os alhos esmagados, o louro, a salsa, os miúdos e o frango barrado com a mistura de especiarias.
Vá virando até que esteja douradinho. Tempere com o sal, pimenta de moinho, os flocos de malagueta e os oregãos. Regue com o vinho branco. 
Deixe ferver e vá adicionando água aos poucos para manter o caldo e cozinhar o frango. Deixe cozinhar cerca de 30 minutos.
Transfira o frango para uma assadeira e leve-o ao forno médio. Entretanto pique a outra cebola para o Tacho Bordeaux da Tescoma e leve a refogar com um pouco de azeite, junte os miúdos do frango em pedacinhos, o bacon em tiras, o chouriço em rodelas e os pimentos em cubos. Adicione o arroz e o açafrão e deixe fritar um pouco. 
Regue com o caldo de cozer o frango (um pouco menos do dobro do volume do arroz). Retifique os temperos e deixe cozinhar uns 5 minutos.
Retire o frango da assadeira e coloque-o no tacho, de modo a que fique bem dentro do arroz. Regue com um pouco mais do molho da assadeira e leve ao forno tapado durante uns 10 minutos.
Destape o tacho e deixe ganhar uma boa cor e tostar um pouco.




E Bom Apetite!

Vamos fazer um Piquenique?

Os melhores pratos para levar num piquenique com toda a família


Que tal se prepararem para o primeiro piquenique do ano?

As temperaturas estão a subir e os dias estão cada vez mais compridos, portanto temos tudo o que é preciso para passar um dia incrível na natureza, com a companhia das pessoas que mais gostamos.

Para o ajudar a surpreender toda a família no almoço de piquenique, seguem-se alguns pratos que pode incluir no menu.


Os melhores pratos para o almoço

1. Tarte de frango

As tartes de frango são fáceis de preparar e são uma opção fácil de comer se tiverem crianças no piquenique. Para quem não quer ter muito trabalho ou não tem muito tempo, as massas quebradas são uma boa forma de apressar o prato.

Para o recheio, usem frango desfiado, milho e o tempero que mais vos agrada. Algumas pessoas temperam o frango com polpa de tomate, enquanto que outras deixam o frango o mais simples possível – a escolha é vossa.

No final, quando a tarte estiver montada, coloquem queijo por cima e levem ao forno por cerca de 30 minutos ou até a massa estar cozida. E pronto, é só guardar e levar para o piquenique.

2. Carne de porco assada com manteiga e mel

O grande desafio da carne de porco é deixá-la macia e com um tempero saboroso. O melhor será temperar a carne com alho, sal, sumo de limão e pimenta e deixar marinar durante a noite, pois vai fazer uma grande diferença no sabor.

No dia seguinte, adicionem manteiga derretida e juntem 2 colheres de sopa de mel. Misturem e adicionem um copo de água e voilà, é só levar ao forno por cerca de uma hora e meia.

Um dos ingredientes mais importantes deste prato é o mel, portanto optem por um produto de qualidade. Se não sabem onde comprar um bom mel, a Holyart é uma boa opção devido à qualidade e variedade de produtos de mosteiro e itens religiosos que tem na sua loja. Nesta podem comprar mel de flores, de acácia, de floresta, de eucalipto ou de frutas a preços acessíveis.

3. Salada fria de massa e atum

As saladas frias também são excelentes opções para piqueniques porque podem e devem ser comidas frias. Estas podem ser feitas com diferentes ingredientes, como atum ou frango, mas a versão de atum é a mais rápida, principalmente se usarem latas de atum.

A massa fica à vossa escolha, mas se não sabem qual usar, recomendamos a tricolor. Assim que a massa estiver pronta, juntem o atum, milho e temperos a gosto. Quem quiser, também pode juntar um ovo cozido.


Ideias de sobremesas que todos vão adorar

1. Salada de frutas

Esta é uma das melhores opções de sobremesas, principalmente se o dia estiver quente. E, o melhor, podem juntar as frutas preferidas de toda a família para que todos fiquem felizes.

Algumas versões da salada de fruta são simples, ou seja, têm apenas fruta, mas outras têm sumo ou água com açúcar. Aqui a escolha é vossa.

2. Brownie

E, porque não, um bom brownie? Existe uma grande variedade de receitas de brownies na internet e, inclusive, temos algumas versões no 7 Gramas de Ternura, como o brownie de oreo, de chocolate e molho toffee ou de café.

Ao transportarem os brownies para o piquenique, tentem guardá-los num recipiente que os mantenha quentes porque ficam muito mais deliciosos.

3. Mousse de chocolate

Por último, recomendamos a mousse de chocolate, tanto a normal, como a de chocolate branco. Lembrando que também existem versões de frutas.

Aqui a escolha também é vossa: podem fazer a mousse de chocolate do zero ou usando os pacotes que se compram nos supermercados. Se decidirem fazer a mousse do zero, podem seguir a receita que se encontra aqui no site.


E, para concluir, não se esqueçam de levar água para se hidratarem ao longo do dia e um lanchinho para o meio da tarde. E, acima de tudo, divirtam-se!



Queijadas de Requeijão, Canela e Laranja

Requeijão, canela e laranja. Uma mistura divinal e que nunca falha!
Requeijão Original Santiago foi a escolha certa para estas queijadas. 
É produzido a partir de leite de vaca pasteurizado e de lactosoro. Enriquecido em cálcio, tem uma textura cremosa e o sabor genuíno do requeijão tradicional português.
São extremamente fáceis de fazer e rendem imenso. Esta receita rendeu 30 queijadinhas,
Se não quiserem ter trabalho podem usar massa quebrada mas garanto que vale a pena fazerem a própria massa aí em casa. O resultado final compensa. 
A massa é leve e crocante, e o recheio cremoso e perfumado. 
Uma delicia.


Aqui está a receita:

Ingredientes:


Massa:
300g de farinha
1 ovo 
2 c. sopa de manteiga
2 dl de água
1 pitada de sal

Recheio:

300g de açúcar
3 ovos + 3 gemas
50g de manteiga
2 c. sopa de farinha sem fermento
raspa e sumo de 1 laranja
1 c. chá de canela







Preparação:

Massa:

No copo da batedeira coloque a farinha, o ovo a manteiga em pedaços e a água com o sal.
Coloque a máquina a trabalhar a massa até que esta forme uma bola e se descole das paredes da taça. Retire e coloque a massa sobre uma bancada. Amasse um pouco, forme uma bola e deixe repousar cerca de 1 hora.

Recheio:

Seque um pouco os requeijões com papel de cozinha, e com as mãos desfaça-os.
Numa taça coloque o açúcar e a farinha. Junte os ovos, as gemas, a manteiga ligeiramente derretida, a raspa e o sumo da laranja e a canela. Mexa tudo muito bem e por fim envolva os requeijões desfeitos.
Reserve.
Estique a massa com um rolo até que fique bem fininha. Corte rodelas de massa do tamanho das suas formas e forre-as. Encha as formas com o creme de requeijão e leve-as a forno quente a 180º durante cerca de 20 minutos.

E Bom Apetite!

Torta de Laranja Encharcada

Laranjas e mais laranjas!
Tem sido assim nas ultimas semanas. Tenho tido a sorte de receber em casa uma grande quantidade de laranjas doces e cheias de sumo. 
Além dos sumos, batidos e de as comer também"ao natural", também se tem feito tortas de laranja. Em menos de um mês é a terceira que faço!
Não as comemos todas cá em casa. Duas delas foram alegrar a mesa de outras casas.
Como é que a torta de laranja que faço há tantos anos ainda não estava no blog? Jurava que já a tinha publicado... mas afinal não. Só agora o faço mas venho sempre a tempo. Certo?
A calda rica, com que a encharco, torna esta torta especial. 
Faz toda a diferença. Acreditem!
Aqui está a receita:

Ingredientes:


2 laranjas grandes
400g de açúcar
75g de farinha 
10 ovos inteiros + 2 gemas
1 c. chá de fermento em pó

Calda:

2 laranjas
100g de açúcar
2dl de água





Preparação:


Numa taça coloque o açúcar, adicione os ovos e as gemas e mexa bem até estar bem homogéneo.
Raspe a casca e esprema o sumo das 2 laranjas. Junte o sumo e as raspas com a farinha e o fermento e envolva bem até dissolver.  Adicione depois à mistura de ovos e açúcar.
Mexa tudo muito bem. Forre com papel vegetal um tabuleiro rectangular (uso o do forno)e unte-o com manteiga. Polvilhe com um pouco de farinha e coloque dentro a mistura. Leve o tabuleiro a banho maria e deixe cozinhar a torta a 190º durante uns 20 minutos.
Entretanto leve o açúcar com a água ao lume. Com um utensílio próprio faça fios das cascas das laranjas.
Quando a calda de açúcar estiver a engrossar ligeiramente, junte-lhe os fios de laranja e o respectivo sumo. Deixe ferver mais uns minutos e reserve.
Estenda um pano de cozinha e polvilhe-o com açúcar. Desenforme a torta sobre o pano e enrole-a. Mantenha assim uns 5 minutos. Transfira a torta para um prato próprio, corte-lhe as pontas (aproveite para provar...) e regue-a com a calda.
Sirva bem fresquinha e acompanhe com uma bola de gelado de limão.


E Bom Apetite!

Bolo de Canela e Pão Ralado

É preciso ânimo e boa disposição para os dias menos bons.
Fazer dos dias feios e escuros, dias de luz e de sol. Animar mesmo quando tudo parece correr ao contrário. Adaptarmo-nos às circunstâncias faz-nos "crescer" e relativizar tanta coisa...

2022 está a fazer-se difícil. Com tendência a levar-nos ao desânimo e ao desalento. 
As noticias que nos chegam nas ultimas semanas vieram deixar-nos a todos em sobressalto. Como assim em pleno séc. XXI é possível ver aquilo que está a acontecer aqui ao "lado?
Como deixamos que tal acontecesse?
Dá medo, confesso. Sei que o que se está a passar é muito duro e mau demais para ser verdade. Mas é verdade!
Está a acontecer a famílias iguais à minha. Ás  nossas. E passamos a ver tudo com outros olhos. É quase que um acordar para a vida. 
Não podemos mudar tudo, mas podemos mudar a vida de alguns. Com o voluntariado, na recolha de bens e na procura por fazer com que as nossas palavras e atos consigam chegar àqueles que dela precisam. E depois, continuar.  Fazer a nossa vida seguir, dando valor (cada vez mais) aos pequenos nadas e às pequenas coisas.

E fazer um bolo! E fazer um café para acompanhar uma fatia.
Este bolo, de canela e pão ralado, pode-vos parecer uma combinação estranha. Como assim pão ralado num bolo? É uma maravilha. É delicioso a acompanhar a caneca de chá a meio da tarde, com a mantinha nas pernas e a lareira acesa. Um bolo que aprendi a fazer há muitos anos. Uma receita de um velho livro de culinária da minha irmã, que ficou perfeito na forma linda da Nordic Ware à venda na Lecuine




Aqui está a receita:

Ingredientes:

5 ovos
2 c. de sopa de canela em pó
250g de açúcar
200g de pão ralado fino
1 c. chá de fermento



Preparação:

Numa taça coloque o açúcar e as gemas. Misture bem até obter um creme esbranquiçado. Bata as claras em castelo bem firme. Aos poucos misture, alternadamente as claras batidas e o pão ralado. Por fim adicione o fermento e a canela, misturando bem.
Unte com manteiga e polvilhe com farinha uma forma com canudo. Coloque dentro a massa e leve a forno quente a 180º durante uns 20/25 minutos.
Retire o bolo do forno, deixe-o arrefecer uns 5 minutos sobre uma rede e depois desenforme-o.
Este bolo é uma delicia a acompanhar um chá quentinho.







E Bom Apetite!

Bacalhau com Migas de Broa e Chouriço


Curiosamente, não tinha ainda deixado aqui a minha receita de bacalhau com broa.
Não tem segredo nenhum. Apenas uma pequena atenção a alguns pormenores que para mim fazem toda a diferença. O confitar o bacalhau é para mim de enorme importância. Convém que o azeite a usar seja de qualidade. Vale bem a pena.. O "twist" de chouriço junto com a broa na cobertura também ajudam à festa!


Aqui está a receita:

Ingredientes:

4 lombos de bacalhau demolhado
azeite q.b.
2 folhas de louro
3 dentes de alho com a casca
grãos de pimenta preta
batatas peq. q.b.
sal q.b.


Migas de Broa e Chouriço:

500g de broa de milho amarelo
2 dentes de alho
1/2 chouriço de carne caseiro
azeite q.b.











Preparação:


Num tacho largo coloque os lombos de bacalhau, depois de secos com papel de cozinha
Junte azeite até cobrir os lombos, os dentes de alho esborrachados, os grãos de pimenta e as folhas de louro.
Leve a lume brando durante uns 20 minutos. Não deve ferver.
No copo do robot de cozinha coloque a broa de milho em pedaços, os dentes de alho e o chouriço em pedaços. Triture até ficar uma farofa grossa
Misture um pouco de azeite. Envolva e reserve.
Leve ao lume  um tacho com água e sal grosso. Quando ferver junte as batatas lavadas e com a casca. Deixe cozer cerca de 15 minutos. 
Escorra as batatas e deixe arrefecer uns minutos. Em cima de uma bancada dê-lhes um murro para abrirem um pouco.
Retire o bacalhau do azeite e coloque-o no recipiente de forno. Cubra os lomboss de bacalhau com as migas de broa e espalhe à volta as batatas. Regue com azeite de confitar o bacalhau e leve a forno bem quente cerca de 20 minutos. Só para tostar a broa e as batatas
Sirva bem quente e acompanhe com grelos salteados.


E Bom Apetite!

Imprimir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...