terça-feira, 10 de setembro de 2013

Pudins do Abade de Priscos com Caramelo de Limão


Já tenho publicada aqui no blog uma receita de Pudim do Abade de Priscos. Esta é diferente. A base de ovos e açúcar é igual mas o resultado final muda, e muito! Fiz um caramelo diferente, com sabor a limão. Corta um pouco ao sabor doce e o toque final é cítrico e fresco. Se o pudim estiver bem fresco, então o sabor é ainda melhor. Uma receita fácil de fazer e que vai agradar, de certeza, a quem a provar. 




Já sabem a história deste Pudim?
Candidato a uma das Sete Maravilhas da Gastronomia Portuguesa, este pudim é originario da freguesia de Priscos, aqui na minha Cidade de Braga. 
Reza a história que o Abade de Priscos, Manuel Joaquim Machado Rebelo, era além de Padre, uma pessoa dotada de grandes qualidades artísticas. Dedicou-se, entre outras, à fotografia mas onde mais se destacou foi nas artes culinárias.
Diz-se que esta foi uma das poucas receitas que deixou  passar para o público.




Aqui está a receita:

Ingredientes:

350g de açúcar
1 pau de canela
1/2l de água
2 cascas de limão
75g de presunto (deve ser presunto bom)
1 cálice de vinho do porto
15 gemas
250g açúcar para o caramelo
Sumo de 1 limão







Preparação:


Leve ao lume o açúcar com a água, a casca de limão, a canela e o presunto cortado em tiras bem fininhas. Deixe ferver até atingir ponto fraco e reserve. Bata as gemas, adicione-lhes o vinho do porto. Retire a casca de limão, o presunto e a canela da calda e adicione-a às gemas.
Faça um caramelo com o restante açúcar e quando estiver a ficar douradinho, retire do lume e junte uns pingos de água e o sumo de 1/2 limão. Barre 6 formas individuais pequenas e reserve o caramelo restante. Deite dentro o preparado, tape com papel de prata e leve a cozer em banho maria, em forno quente, cerca de 25 minutos. 




Retire os pudins do forno e deixe arrefecer. Depois de frios, desenforme-os e cubra com o restante caramelo, ao qual juntou o restante sumo de limão.
Sirva com folhinhas de hortelã e tiras de casca de limão.
Um dos truques para o pudim ficar cremoso é que não se pode deixar ferver a água do banho maria. Se acontecer, retire um pouco de àgua do tabuleiro do forno e adicione mais água fria.







E Bom Apetite!

6 comentários:

  1. Estão tão lindos os pudins, muito bem apresentados, e de sabor...imagina-se.

    Beijinho

    Paula

    ResponderEliminar
  2. Não conhecia a história desta delícia, adorei! -a história e os pudins, que parecem vidrados... lindos!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Bela delícia!!!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. É uma das relíquias da nossa gastronomia! Tive o prazer de provar quando fui a Braga e é delicioso!
    Esta versão também deve ser muito saborosa. Estão maravilhosamente apresentados!

    ResponderEliminar
  5. O caramelo de limão deve encaixar divinamente neste pudim, já de si tão farto. Está com um aspecto divino!

    ResponderEliminar

Muito obrigada pela visita,

Voltem sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Imprimir