terça-feira, 25 de abril de 2017

Torta de Viana

Sou do Minho. Sou Minhota!
Tenho orgulho das minhas raízes e dos costumes da minha terra. Do apego à família, aos lugares e às tradições.
Já todos devem ter notado que o tipo de receitas que prefiro são as de inspiração na cozinha tradicional Portuguesa. Particularmente a cozinha do Minho. 
Adoro preparar os nossos pratos mais típicos. O tão famoso "Pica no Chão" ou Arroz de cabidela, as Papas de Sarrabulho à moda de Braga e os Rojões à Minhota, o delicioso cabrito assado (se for em forno de lenha melhor ainda), o nosso Bacalhau à Braga ou um simples e delicioso caldo verde. 
No Minho as sobremesas são verdadeiros manjares dos Deuses. O nosso tão doce e especial pudim Abade de Priscos, o Arroz Doce ou a Aletria, o Pão de Ló de Margaride, a Cavaca Minhota e os Fidalguinhos, os Foguetes de Amarante ou a Torta de Viana.
E é precisamente a Torta de Viana a rainha do post de hoje. Vestida e adornada a preceito com dois dos símbolos desta cidade tão linda. O lenço de Viana e os Brincos à Rainha.
Obrigada Ângela por ajudar a tornar este post ainda mais rico! 
Servidos de uma fatia?




Aqui está a receita:

Ingedientes:

Torta:

10 gemas
4 ovos inteiros
200g de açúcar
170g de farinha sem fermento
Raspa de limão

Doce de Ovos:

6 gemas
6 c. de sopa de açúcar
6 c. sopa de água











Preparação:

Doce de Ovos:

Leve ao lume o açúcar e a água. Deixe ferver até estar em ponto de pérola, será cerca de 5 minutos. Retire do lume e deixe arrefecer um pouco. Bata as 6 gemas com um garfo e depois adicione-lhes a calda em fio, mexendo sempre. Bata bem e leve ao lume até engrossar. Reserve.






Torta:

Separe as claras dos ovos. Bata as 14 gemas com o açúcar durante 5 minutos. Bata as claras em castelo bem firme, Adicione  alternadamente as claras e a farinha peneirada à massa das gemas. Por fim adicione a raspa do limão e envolva bem. Coloque a massa no tabuleiro do forno, forrado com papel vegetal e untado com manteiga. Leve ao forno, a 180º durante 10 minutos. Se a torta cozer demais é mais difícil de enrolar e pode rachar.
Desenforme a torta sobre um pano de cozinha grande polvilhado com bastante açúcar. Retire o papel vegetal e cubra a torta com uma camada generosa de doce de ovos. Lentamente e com a ajuda do pano, enrole a torta. Deixe ficar enrolada dentro do pano durante uns 5 minutos. Transfira a torta para a travessa de servir e polvilhe-a com um pouco mais de açúcar. Corte as pontas da torta (aproveite para provar!) e sirva-a na companhia de um café!



















E Bom Apetite!

7 comentários:

  1. Deve ser meio boa.
    Uma duvida: 14 gemas e 4 claras?
    Obrigada!

    ResponderEliminar
  2. Ando há imenso tempo para provar uma tarte de viana. Parece-me ser uma delícia, gostei bastante :)
    Beijinhos ...
    Guloso qb

    ResponderEliminar
  3. Adorava comer uma fatia dessa torta amanhã ao meu pequeno-almoço.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2017/04/na-cozinha-com-anabela-fernandes.html

    ResponderEliminar
  4. Está de dar água na boca... Deve ser realmente deliciosa!
    E as fotos estão lindas, parabéns.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Tem um ótimo aspeto! Costumo fazer esta torta mas recheio com marmelada caseira, todos adoram!
    Parabéns!

    ResponderEliminar
  6. A torta deve estar deliciosa, só pelo aspeto. Eu tenho um problema com as tortas, nunca consigo que fiquem direitinhas. Partem-se sempre. beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Ninguém merece... muito menos eu! fogoooooooo! <3

    Um beijinho dourado

    ResponderEliminar

Muito obrigada pela visita,

Voltem sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Imprimir