segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Iogurtes de Chocolate... e Smarties!




Iogurtes de chocolate..., tão bons e tão gulosos!
À receita base dos iogurtes, juntei uma pasta de chocolate culinária. A minha filha mais nova, não achou muita piada... "estão azedos Mãe, falta açúcar!" 
Não coloquei açúcar e como o chocolate era preto, não ficaram muito adocicados, mas continuo a achar que ficam muito bons. 
Mais que um simples iogurte, são uma sobremesa!



Aqui está a receita:

Ingredientes:
para 7 copinhos de iogurte

1 litro leite meio gordo
1 iogurte grego
3 c. sopa de leite em pó
200g de chocolate culinária





























Preparação:

Ferva  os frascos, para esterilizá-los, e mantenha-os quentes.
Ao litro de leite necessário para a receita retire 2 dl e leve ao lume com o chocolate em pedaços a dissolver. Retire do lume e deixe arrefecer






















































Bata bem o iogurte com o leite em pó. Junte o leite restante e misture bem, por fim envolva na mistura de chocolate, bata e encha os copinhos. Coloque na iogurteira durante 12h. Eu não uso leite gordo, uso o meio gordo e os iogurtes ficam bem cremosos. Retire-os da iogurteira e leve-os ao frigorífico de um dia para o outro. Antes de servir cubra-os com alguns smarties (seja generoso na dose...).















E Bom Apetite!

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Risotto de Pato e Cogumelos



Cogumelos e pato, um risotto delicioso. O risotto é uma refeição bem do agrado de todos aqui em casa. Este, feito com dois peitos de pato, encheu-me as medidas, estava verdadeiramente saboroso e bom.
Ao invés de cozer a carne de pato optei por assá-la e usei todos os seus sucos na elaboração do risotto. Mais uma receita elaborada com Arroz Bom Sucesso - da Orivárzea.

Aqui fica a receita:



Ingredientes:
.
400g de Arroz Carolino da Leziria Ribatejana - IGP
2  peitos de pato
1 cebola
3 dentes de alho
200g cogumelos portobello
1/2 pimento vermelho
1/2 pimento verde q.b.
azeite, sal e pimenta q.b.
1 c. sopa de manteiga
vinho branco q.b.
1 dl de vinho do porto
queijo parmesão ralado na hora
tomilho fresco q.b.






Preparação:


Dê uns golpes na pele do pato. Leve uma sertã ao lume, deixe-a aquecer bem e coloque os peitos de pato com a pele virada para baixo. Junte 1 dente de alho socado e um pouco de tomilho fresco desfeito. Tempere de sal e pimenta e vá virando até dourar. Retire para um recipiente de forno, Junte os sucos que ficaram no tacho, mais um pouco de tomilho em haste e regue com o vinho do porto. Tape com papel de alumínio e leve ao forno a 180º durante 30minutos.
Retire deixe arrefecer e desfie a carne em pedaços. Reserve.










Aproveite todo o molho de assar a carne, junte 1l de àgua e deixe ferver.
Entretanto pique a cebola e os alhos, e leve-os a refogar no azeite, até começarem a ficar moles. Adicione os cogumelos limpos em pedaços  o arroz e deixe fritar um pouco, até o arroz ficar translucido. Refresque com o vinho branco e deixe evaporar. Adicione os pimentos em tiras e vá juntando conchas de caldo, aos poucos e mexendo sempre o arroz. Quando se tiver evaporado o caldo, junte mais e assim sucessivamente. Quando o arroz estiver quase cozido, adicione a carne do pato, rectifique os temperos e junte a manteiga. Deixe descansar por 2 minutos. Adicione o queijo ralado a gosto e está pronto a servir.


E Bom Apetite!

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Mil Folhas de Queijo Fresco e Vinagreta de Manjericão


Uma entrada rápida e deliciosa, feita pelo Sr. cá de casa!
O M. também gosta de ir para a cozinha fazer petiscos e caprichar na apresentação. Foi a entrada de um almoço Domingueiro. Um dia quente e solarengo que pedia saladas e receitas frescas.




Aqui está a receita:

 

Ingredientes:
(para 4)

2 tomates coração de boi (da minha horta!)
2 queijos frescos
150g de cogumelos brancos frescos
1 malagueta
sal e azeite q.b.
1 dente de alho

Vinagreta de Manjericão:

manjericão fresco q.b.
azeite
vinagre bálsámico
sal fino q.b.


Preparação:

Comece por preparar a vinagreta. Lave e pique o manjericão. Junte o azeite, vinagre balsámico e um pouco de sal. Reserve.
Limpe os cogumeos e corte-os em fatias grossas. Leve-os a saltear com um fio de azeite e a malagueta. Tempere de sal e reserve.



Corte o tomate e o queijo em fatias.
Faça camadas alternadas de tomate, queijo e cogumelos,  e vá regando com a vinagreta. Termine com os cogumelos e regue com um pouco mais de molho.
Acompanhe com fatias de pão torrado.







segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Creme de Iogurte e Ananás





No dia em que chegou o Outono, quis ter o Verão à mesa!
As flores, lindas e de cores vibrantes deram alegria e luz. A sobremesa, leve e fresca soube a verão e a calor.
Um creme de iogurte a que adicionei ananás. Fez-se uma sobremesa fresca e doce em menos de nada e soube tão bem.



Aqui está a receita:
(rende 6 copinhos)


Ingredientes:

3 iogurtes naturais
75g de açúcar branco
3 ovos
1 lata pequena de ananás
5 folhas de gelatina
100g de açúcar amarelo
1 limão
folhinhas de hortelã




























Preparação:

Coloque as folhas de gelatina em àgua fria 5 minutos. Bata os iogurtes com o açúcar. Escorra a gelatina e leve-a a dissolver durante 30 segundos no microondas. Deixe arrefecer um pouco e junte metade aos iogurtes batidos. Separe as gemas das claras e bata as claras em castelo bem firme. De seguida envolva as claras em castelo na mistura de iogurte, sumo de meio limão e leve ao frio.


Leve ao lume o açúcar amarelo com metade da calda do ananás. Deixe ferver até obter uma calda grossa, quase caramelo.
Reserve 1 rodela do ananás para a decoração e triture as restantes. Junte a polpa à calda de açúcar e deixe arrefecer um pouco. Bata as gemas e envolva no preparado anterior, leve ao lume a engrossar, junte a restante gelatina dissolvida e o sumo de limão restante. Deixe arrefecer e coloque no fundo dos copos uma camada de creme de fruta e por cima creme de iogurte. Termine com um pouco de creme, um bocado de ananás e as folhas de hortelã.
Leve ao frigorífico até servir.





E Bom Apetite!

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Tarte de Arroz Doce e Toffe


Há algum tempo atrás, estava eu a passar os olhos pelas revistas velhas na sala de espera de um consultório médico, quando me deparei com a foto de uma tarte semelhante a esta. Imediatamente fiquei com a ideia de a fazer, mas já não havia receita... algum esperto já se tinha encarregue de a "cortar", com jeitinho!
Agora, assentando ideias fui fazendo como achei que poderia ficar bem. Se bem me lembro a cobertura era com chocolate, mas resolvi fazer uma cobertura de toffe para a cobrir. Ficou divinal!



Aqui fica a receita:

Ingredientes:

Massa:

300g de farinha
125g de açúcar
2 ovos
200g de manteiga
1 c. sobremesa de extrato de baunilha


Recheio de arroz doce:

200g de arroz carolino Bom Sucesso
3dl de leite
125g de açucar
4 gemas
raspa de 1 laranja
1c. sopa de manteiga
1 pitada de sal fino
1 pau de canela



Cobertura de toffe:

150g de açúcar
1/2 dl de àgua
2dl de natas
1 c. sobremesa manteiga
physális q.b.




Preparação:

Para a a base, coloque na batedeira a manteiga e o açúcar e bata depois adicione os ovos um a um. De seguida adicione a farinha aos poucos, o extrato de baunilha e bata até a massa se soltar da taça. Retire a massa da taça, envolva em película aderente e leve ao frigorífico durante 1 hora.
Estenda a massa numa forma de mola e leve-a ao forno durante 10 minutos.



Recheio:

Leve ao lume o leite com o pau de canela, junte o arroz, o açúcar, o sal e deixe cozinhar até ficar cozido. Adicione as gemas, a raspa de laranja e a manteiga. Dependendo do arroz pode ter que adicionar mais leite.
Coloque o arroz doce sobre a massa pré cozida e leve de novo ao forno durante 5 minutos.
Entretanto prepare o toffe.


Toffe:

Leve o açucar e a água a o lume até obter um caramelo douradinho. Junte as natas e a manteiga e dexe ferver. Deite por cima da tarte e deixe cozer mais 7/8 minutos. 
Decore a seu gosto. Eu usei physális



























E Bom Apetite!

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Peitos de Frango com Mostarda e Amêndoas














Já disse aqui muitas vezes, que grande parte das nossas refeições são com carnes brancas. São mais saudáveis e económicas. Estes peitos de frango ficam uma maravilha.
O toque da mostarda associado às amêndoas deixaram-nos de comer e chorar por mais. Foi ver as minhas filhas (e não só) a limpar o prato.




Aqui fica a receita:

Ingredientes:

4 peitos de frango
1 cebola
2 dentes de alho
1 malagueta
1 c.sopa de mostarda com sementes
sal e azeite q.b.
pimenta de moinho q.b.
mistura de alho e salsa da Espiga
1,5 dl de natas
100g de amêndoas laminadas



























Preparação:

Pique a cebola e os dentes de alho. Regue com um fio de azeite e leve ao lume. Deixe a cebola amolecer e junte os peitos de frango e a malagueta partida. Vá virando e deixe dourar. Tempere de sal e pimenta, a mistura da Espiga, junte a mostarda e envolva bem. Deixe cozinhar lentamente durante 15 minutos. Regue com as natas e junte as amêndoas. Deixe ferver 5 minutos para engrossar o molho e está pronto a servir.
Acompanhei com esparguete integral.






























E Bom Apetite!

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Muffins de Chocolate Duplo e Doce de Cereja

Acessórios da loja Ideias & Mimos


A propósito do Dia Internacional do Chocolate, fiz estes Muffins deliciosos. No dia em que se celebrava o chocolate tinha que haver... chocolate, em dose dupla!
São fofos e deliciosos, e sem a cobertura são óptimos para as crianças levarem para o lanche da escola. Coloquei, a meio da cozedura, uma colher de sobremesa do Doce de Cereja da Casa da Prisca, no meio de cada um.  Uma compota 100% natural e sem adição de açúcar, de sabor quente e frutado. Fico óptimo em doces ou misturado por exemplo no seu iogurte, com cereais ao pequeno almoço. É ideal para acompanhar um queijo manchego.


Acessórios da loja Ideias & Mimos



Aqui está a receita:


Ingredientes:

2 ovos
150g de açúcar amarelo
200g de farinha
200g de manteiga
75g de cacau em pó
1,5dl de leite
1 c. chá de fermento em pó
1/2 c. chá de sal fino
1 c. chá de extracto de baunilha
50g de pepitas de chocolate branco
Doce de Cereja da Casa da Prisca, q.b.
100g de chocolate branco
natas q.b.
chocolate preto q.b.


Acessórios da loja Ideias & Mimos


Acessórios da loja Ideias & Mimos
Acessórios da loja Ideias & Mimos
Acessórios da loja Ideias & Mimos


Preparação:
 
Na taça da batedeira coloque o açúcar, a farinha, o cacau, o fermento e o sal. Faça um buraco no meio e coloque os ovos, a manteiga o extracto de baunilha, o leite e a manteiga derretida. Bata até estar tudo bem incorporado. Adicione as pepitas e distribua a mistura, até 2/3 pelas forminhas de silicone, untadas ligeiramente.

Acessórios da loja Ideias & Mimos



Leve ao forno, pré aquecido a 190º, durante cerca de 7 minutos. Retire do forno e no meio de cada bolinho, coloque uma colher de sobremesa de Doce de Cereja da Casa da Prisca, e leve de novo ao forno, cerca de 10 minutos.
Deixe arrefecer e desenforme. Entretanto derreta o chocolate branco em banho maria, com um  pouco de natas.
Sirva os bolinhos cobertos com o chocolate branco e raspas de chocolate preto.





E Bom Apetite!

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Couscous de Legumes



Um acompanhamento diferente mas que não agrada a todos...
Este couscous é ideal para acompanhar carne ou peixe e serve perfeitamente de refeição para vegetarianos.
A variedade de legumes que tem, tornam-no num prato rico e substancial, porque não precisamos de comer sempre carne ou peixe.
Este serviu de acompanhamento a um magret de pato


Aqui está a receita:

Ingredientes:

300g de couscous
1 courgete
1 cebola
200g de cogumelos frescos
1 cenoura
100g de feijão verde
tomatinhos mini q.b.
1 caldo de carne
azeite q.b.
sal e pimenta de moinho q.b.
cerca de 5dl de água





Preparação:

Leve ao lume um wok com um fio de azeite. Junte a cebola picada e deixe refogar até a cebola estar translucida. Junte a cenoura em cubinhos e cozinhe por cinco minutos. Corte o feijão verde em pedacinhos e a courgete, com a casca, em cubos pequenos e acrescente ao refogado. Por ultimo adicione os cogumelos em pedaços. Tempere de sal e pimenta. 
Leve ao lume uma panela com a água e o caldo de carne. Quando ferver retire do lume e deite sobre os couscous. Mexa com um garfo e deixe hidratar. 
Junte os tomatinhos ao refogado de legumes e deite sobre os couscous. Envolva bem e sirva. 


E Bom Apetite!

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Pudins do Abade de Priscos com Caramelo de Limão


Já tenho publicada aqui no blog uma receita de Pudim do Abade de Priscos. Esta é diferente. A base de ovos e açúcar é igual mas o resultado final muda, e muito! Fiz um caramelo diferente, com sabor a limão. Corta um pouco ao sabor doce e o toque final é cítrico e fresco. Se o pudim estiver bem fresco, então o sabor é ainda melhor. Uma receita fácil de fazer e que vai agradar, de certeza, a quem a provar. 




Já sabem a história deste Pudim?
Candidato a uma das Sete Maravilhas da Gastronomia Portuguesa, este pudim é originario da freguesia de Priscos, aqui na minha Cidade de Braga. 
Reza a história que o Abade de Priscos, Manuel Joaquim Machado Rebelo, era além de Padre, uma pessoa dotada de grandes qualidades artísticas. Dedicou-se, entre outras, à fotografia mas onde mais se destacou foi nas artes culinárias.
Diz-se que esta foi uma das poucas receitas que deixou  passar para o público.




Aqui está a receita:

Ingredientes:

350g de açúcar
1 pau de canela
1/2l de água
2 cascas de limão
75g de presunto (deve ser presunto bom)
1 cálice de vinho do porto
15 gemas
250g açúcar para o caramelo
Sumo de 1 limão







Preparação:


Leve ao lume o açúcar com a água, a casca de limão, a canela e o presunto cortado em tiras bem fininhas. Deixe ferver até atingir ponto fraco e reserve. Bata as gemas, adicione-lhes o vinho do porto. Retire a casca de limão, o presunto e a canela da calda e adicione-a às gemas.
Faça um caramelo com o restante açúcar e quando estiver a ficar douradinho, retire do lume e junte uns pingos de água e o sumo de 1/2 limão. Barre 6 formas individuais pequenas e reserve o caramelo restante. Deite dentro o preparado, tape com papel de prata e leve a cozer em banho maria, em forno quente, cerca de 25 minutos. 




Retire os pudins do forno e deixe arrefecer. Depois de frios, desenforme-os e cubra com o restante caramelo, ao qual juntou o restante sumo de limão.
Sirva com folhinhas de hortelã e tiras de casca de limão.
Um dos truques para o pudim ficar cremoso é que não se pode deixar ferver a água do banho maria. Se acontecer, retire um pouco de àgua do tabuleiro do forno e adicione mais água fria.







E Bom Apetite!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Imprimir